Nota de solidariedade aos trabalhadores sem terra

Na tarde de ontem (07/04), dois trabalhadores sem terra foram assassinados em Quedas do Iguaçú, município do oeste paranaense. Os óbitos foram resultado de um ataque realizado pela Polícia Militar e por jagunços da empresa Araupel. Outros sete trabalhadores do acampamento Dom Tomas Balduíno ficaram feridos. A polícia negou acesso ao local da matança e... Continue lendo →

Anúncios

Passados 50 anos do golpe, a ditadura dá sinais de vida no Sul do país!

*Uma nota de solidariedade do Movimento Passe Livre de Florianópolis. Há aqueles para quem já é tempo de esquecer os anos de chumbo. Para outros, recuperar a memória e a verdade não é só uma questão de justiça, mas uma ação essencial para refletir sobre a história e impedir que tais episódios lamentáveis voltem a... Continue lendo →

Repúdio à repressão policial em Blumenau

*Publicada na página do Facebook do coletivo Tarifa Zero Blumenau. Nota pública de repúdio à repressão policial em Blumenau. O coletivo Tarifa Zero Blumenau vem por meio desta informar, a cerca dos acontecimentos de violência e repressão policial, ocorridos na quinta-feira dia 13 de março de 2014. Primeiramente devemos explicar o motivo da demora para... Continue lendo →

MPL debate: Vigilância em massa e segurança

COMPAREÇA E DIVULGUE! MPL DEBATE: "Vigilância em massa e segurança" Numa época em que os governos e as empresas avançam as várias modalidades de vigilância e repressão, é urgente a discussão da segurança numa perspectiva da privacidade e para as lutas sociais. Convidado: Gus, cientista social e autor de artigos sobre privacidade e vigilância aos... Continue lendo →

Dossiê sobre as agressões do dia 16 de fevereiro

Relatório sobre as agressões aos integrantes de movimentos sociais em Florianópolis no dia 16 de fevereiro de 2006  http://brasil.indymedia.org/media/2006/04//350978.doc O dossiê no link acima foi elaborado pelo Comitê Catarinense contra a Criminalização dos Movimentos Sociais, com muitas informações, fotos, depoimentos e perguntas sobre as agressões cometidas por um bando, a mando político, contras as pessoas... Continue lendo →

Acima ↑