Sobre a resposta do Prefeito Jr. – A resistência continua!

Ontem o MPL fez uma intervenção no centro  para devolver à prefeitura aquilo que ela tem oferecido para o futuro do transporte da nossa cidade. A prefeitura está cagando para a mobilidade, porque insiste em continuar com um edital de licitação que piorará a condição dos/as usuários/as e trabalhadores/as do transporte por mais 20 anos.

Em resposta, o Prefeito Júnior declarou repúdio à ação e disse que se tratava de vandalismo. Nós respondemos: vandalismo é o que o Prefeito está fazendo com essa cidade! Vandalismo é garantir o lucro das empresas de ônibus por mais 20 anos às custas do sufoco dos/as passageiros/as! Além disso, o Prefeito afirmou que a ação era desnecessária, já que ele esteve todo o tempo “aberto ao diálogo” com o movimento. A quem ele quer enganar????

cagaoGostaríamos de lembrar que em Julho desse ano a Frente de Luta pelo Transporte Público (da qual o MPL é parte) fez uma reunião com a Secretaria de Transporte, em que essa mesma secretaria negou veemente a possibilidade de participação popular no processo de construção do edital. No mesmo dia, a secretaria também negou nosso pedido de disponibilizar o edital em construção para a consulta pública.

E não é possível que Prefeito Jr. já tenha se esquecido que, quando o edital finalmente ficou pronto, a prefeitura convocou uma audiência pública para uma segunda-feira às 8h00 da manhã, um horário em que os trabalhadores da cidade não poderiam participar. Quem esteve lá viveu uma cena ridícula: o texto do edital não foi apresentado, as falas de alguns militantes do movimento foram interrompidas e a audiência acabou sem que as autoridades presentes respondessem nenhuma das perguntas feitas pela plateia.

Se a memória do Prefeito é fraca, é preciso lembrar ainda que por pressão política, ainda em Setembro, foi à votação, na Câmara de Vereadores, uma proposta que defendia a realização de uma audiência verdadeiramente pública – fora do horário comercial e no Largo da Alfândega – para que a população pudesse conhecer o edital e propor mudanças no documento. A proposta foi negada pela maioria absoluta dos vereadores, que são base de apoio da prefeitura e se recusaram a abrir diálogo com o povo nas ruas.

Vale refrescar a memória do Prefeito sobre a cena patética que vivemos há pouco mais de uma semana. No dia 31 de Outubro, devido à pressão feita na primeira “audiência pública”, ocorreu mais uma audiência no Plenarinho da Câmara de Vereadores. O MPL participou junto com os trabalhadores e usuários do transporte e outros moradores que estavam interessados na questão e responderam ao chamado do movimento. Nessa audiência o Secretário de Transporte simplesmente se negou a responder qualquer uma das perguntas feitas pelos presentes. Além disso, ele afirmou que o edital seria aprovado “quer a gente queira ou não” e depois abandonou o local da audiência.

Fizemos uma denúncia junto ao Ministério Público, em Julho desse ano, pedindo que se averiguassem as irregularidades no sistema de transporte. Nós nunca tivemos um retorno real desse documento. Além disso, seria preciso falar das diversas manifestações que ocorreram em Junho/Julho desse ano e que deixaram clara a insatisfação da população em relação a esse modelo de transporte. Em Outubro desse ano também tivemos uma manifestação especificamente contra o tema do edital. A mídia noticiou todas essas manifestações, mas em nenhum momento tocou na questão do novo edital. Estão protegendo o prefeito porque sabem a merda que é essa nova licitação.

Depois de todas essas inúmeras tentativas de abertura dos documentos, desses pedidos de audiência pública negados, das perguntas não respondidas, o Prefeito vem falar de “abertura para o diálogo”? O que ele quer dizer com isso? Está pedindo que o MPL sente em uma mesa para negociar? Se o prefeito realmente quer diálogo com a população, deve suspender imediatamente esse edital de licitação, que foi feito sem nenhuma consulta popular e que irá cagar com o futuro da cidade por mais 20 anos!

Recomendamos que todos os/as moradores/as da Grande Florianópolis se informem sobre os problemas trazidos por esse novo edital. De nossa parte, seguiremos realizando assembleias populares nos bairros, porque o MPL está há quase uma década dialogando com a população nas ruas. Se esse edital passar, a imobilidade continuará por mais duas décadas!

Seja parte da resistência! Organize manifestações em seus bairros, participe das atividades convocadas pelo MPL e pela Frente de Luta pelo Transporte Público!

#merdadelicitação #nãovaipassar #prefeitocagão #porradetarifa

Anúncios

Um comentário em “Sobre a resposta do Prefeito Jr. – A resistência continua!

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑