MPL Floripa

Manifestação! Lançamento da campanha TARIFA ZERO

Agora falamos a toda população da Grande Florianópolis:

O transporte coletivo da nossa cidade é fonte de muito dinheiro para
empresários, propaganda para políticos, e principalmente uma forma de excluir a maior parte da população.

Está em tempo de pensarmos em mobilidade, direito e acesso para todos e todas. O transporte público é aquele que não exclui, pelo uso da catraca e do dinheiro. Queremos sair com nossas famílias e realmente conhecer a cidade que nos cerca! Queremos sair da nossa rotina de trabalho e viver
novos espaços.

Podemos construir um transporte que não exclua ninguém. Podemos e devemos
decidir como o sistema deve funcionar. Vamos construir uma cidade mais
livre e justa! Neste 26 de outubro, dia nacional de lutas pelo passe
livre, vamos lançar a luta pela tarifa zero.


Dia 26, sexta-feira, concentração às 16hrs na Catedral.

Movimento Passe Livre.

Discutir só o aumento de tarifa não basta. Queremos discutir a própria
tarifa.

Nós usamos. Nós mandamos.

Anúncios

6 comentários sobre “Manifestação! Lançamento da campanha TARIFA ZERO

  1. Pobre crianças…Ingênuas flores,Campos abertos Massas de manobrasDaqueles que lutam pelo poder!Acordai…Abra teus olhos!A anarquia não é solução!Fechar ruas…Gritar como nossos pais…Combater uma guerra friaMaturidadeAcordaiiiiii!

  2. que bom que tem um blog agora posso acompanhar melhor a agenda de vcs, mas vcs poderiam coloca um RSS, um Feed para que a gente possa receber as notícias sem precisar acessar o blog :www.feedburner.com) ou http://www.bloglines.com só escolher o portugues e colocar no feed/rss no blog. Um absurdo a passagem, isso é inconstitucinal, porque limita o ir e vir, com certeza vcs acharão apoio na constituição brasileira. Nimguem pode ir contra a constituição, ela é nossa carta maior, falou, obrigado.

  3. Enquanto isso…ECO POWER CONFERENCE = ECO LAVAGEM DE DINHEIROProvavelmente o único evento sobre energias renováveis que aceita o patrocínio da BUNGE e o apoio da Associação Brasileira de Geradoras Termelétricas (ABRAGET):http://www.ecopowerbrasil.com.br/patrocinio/index.php(Será que vão tentar conseguir apoio também da Souza Cruz?!)E ainda vai contar com mais de R$ 3 milhões do Fundo do Turismo de Santa Catarina, sem licitação…E com prováveis candidatos a prefeito e governador para as próximas eleições na organização. Aliados do atual governador, claro…E ainda… vai se realizar no Costão do Santinho, envolvido até o pescoço no escândalo de liberação de licenças ambientais MOEDA VERDE…Impossível algum outro governador superar o Luiz Henrique da Silveira…Seguem abaixo maiores informações.==Diário Catarinense – Edição 21/10/2007 – Cacau MenezesDeve superar os R$ 3 milhões – quase a metade do que foi gasto no Elevado do Itacorubi – o total de recursos que a estrutura do governo estadual prometeu repassar para a realização da Eco Power Conference, em novembro. Além do dinheiro público, o caixa do evento será engordado pelas taxas de inscrição, na faixa de R$ 2 mil por cabeça.==Diário Catarinense – Edição 23/09/2007 – Cacau MenezesO PT está atrás da veracidade de uma informação de cocheira: o governo do Estado liberou R$ 3 milhões do Fundo do Turismo, sem licitação, para o PFL de Joinville promover o Ecopower 2007, que terá a presença do ex-presidente norte-americano Bill Clinton, que cobra cachê de US$ 100 mil. A comprovar a denúncia, o PT promete ir à Justiça, com o apoio do PP.==O Governo do Estado de Santa Catarina vai liberar, através da Secretaria de Turismo, cerca de TRÊS MILHÕES de reais para esse evento.Na Assembléia Legislativa de Santa Catarina a Comissão de Turismo e Meio Ambiente fez um pedido de informação para o governo do estado sobre o assunto.Por que uma verba tão alta para um evento promovido, às vésperas de um ano eleitoral, pelo governador que recebeu em 2006 o prêmio Motosserra de Ouro?Querem mais?* O presidente do Conselho Consultivo Ecopower é o presidente da Celesc, Eduardo Pinho Moreira, por acaso forte candidato a governador em 2010.* a Prime, agência de publicidade dirigida pelo Ricardo Bornhausen, é a mentora e empreendedora do projeto. Seu irmão é provável candidato a prefeito em 2008.* O evento vai ser realizado no Costão do Santinho! Um evento sobre energias renováveis no Costão do Santinho, que está envolvido no recente escândalo Moeda Verde??!! Pode ser mais incoerente?* Até fim de outubro, a inscrição está pela ‘bagatela’ de R$1.980,00… U-ma pe-chin-cha! Pelo jeito só ambientalistas bastante ricos poderão se inscrever. Mas será que querem mesmo ambientalistas nesse evento?==Operação Moeda Verde, versão EspanhaUma região da Espanha visitada pelo governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (LHS), em março último, foi tema de artigo da Folha no domingo (5/8): “Boom imobiliário destrói litoral espanhol”. Opa! Que coincidência com a situação vivida em Florianópolis!E o artigo continua: “Quase 400 prefeituras estão sob investigação por obras irregulares, muitas em praias sob proteção ambiental; cinco prefeitos estão presos”. Alguma semelhança com a Operação Moeda Verde, da Polícia Federal?Segundo artigo publicado no site do Governo do Estado de Santa Catarina, LHS comemorava, em março último, a decisão de um grupo espanhol [!] de investir em um grande complexo turístico em Santa Catarina, com uma estrutura de até dez vezes o tamanho do projeto de Jurerê Internacional [!!].No artigo da Folha aparece a cidade expoente da prosperidade espanhola. “O maior foco dessa corrupção é um antigo reduto do jet-set europeu, Marbella, na Costa do Sol, ao sul do país, onde um prefeito foi deposto em 2002 e seus dois sucessores estão presos por corrupção e abusos urbanísticos”.O artigo “Governador aponta entraves”, publicado no jornal A Notícia, em 27 de março de 2007: “O novo complexo turístico ficaria sediado em Governador Celso Ramos, com estrutura semelhante à encontrada pela comitiva de Luiz Henrique em Marbella [uau!], na Espanha, incluindo um terminal para transatlânticos e marina para mais de 500 barcos”.Em tempo: LHS ganhou em 2006 o Prêmio Motosserra de Ouro, da Rede de ONGs da Mata Atlântica. Segundo a Fundação SOS Mata Atlântica, Santa Catarina foi líder em desmatamento do bioma entre 2000 e 2005, período em que aumentou seu índice de desmatamento em 8%, equivalente à supressão de 48 mil hectares de florestas. Outros sete Estados, juntos, desmataram 46 mil hectares.==sobre a Operação Moeda Verde:http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u336961.shtmlhttp://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI1593561-EI6578,00.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s