Resistir ao aumento! Pela Tarifa Zero!

O prefeito Dário Berger (PSDB) junto a seu sempre parceiro e braço-direito Norberto Stroisch e os empresários de ônibus, convocaram às pressas umareunião do Conselho dos Transportes. Totalmente fora do regulamento, de um dia pro outro, atropelaram uma decisão que permite a Prefeitura aumentar mais uma vez as passagens. A desculpa deles é que um aumento será necessário para conceder o justo aumento salarial dos trabalhadores dotransporte. Mas isso é mentira! A prova é que nos 8 anos do governo Angela Amin a tarifa aumentou 187% enquanto o salário somente 66%. Quanto ganham estes senhores com a nossa miséria todos os dias? Querem cobrar R$ 2,10 em dinheiro e R$ 1,80 no cartão. Sem contar o R$ 1,40 na tarifa social. Você está disposto a pagar tudo isso? 

 

Em clima de Copa do Mundo, estamos loucos e loucas de vontade de vencer novamente a prefeitura e os empresários de transporte que, gananciosos como sempre, querem aplicar um novo aumento na tarifa de ônibus. 

 

Vencemos em 2004! Vencemos em 2005! Vamos vencer em 2006 e vai ser de goleada! Não podemos aceitar mais esse roubo aos nossos bolsos! Vamos às ruas assim que o aumento entrar em vigor! 

 

REVOLTA DA CATRACA 2006: RUMO AO TRI! 

 

Junte-se a nós e seja um manifestante bom de bola. E também uma manifestante boa de bola, é claro! 

 

Como acabar com esses malditos aumentos todos os anos? Ou “por que o transporte é o único direito essencial pago na hora?!” 

A prefeitura e as empresas de transporte estão usando o aumento como um coringa, para ameaçar a luta dos trabalhadores do transporte, que buscam um justo aumento para melhorar suas vidas. 

 

Mas o povo não pode ficar refém da incompetência e da vontade desses senhores que insistem nessa visão limitada de que quem usa ônibus deve pagar a conta. Ora, se o transporte coletivo não funciona, a cidade não funciona! Trabalhador não vai ao seu local de serviço, estudante não vai pra escola. Quem é que ganha de verdade com o transporte? Não são os patrões, não é a classe rica da cidade? 

 

Por que o transporte é o único serviço essencial, o único direito básico que é cobrado na hora? Ao irmos às escolas e hospitais públicos não nos é cobrado uma tarifa para sentar nas carteiras, ou por marcar uma consulta. Isso porque nos serviços essenciais o pagamento é indireto, através de impostos. 

 

O transporte, o direito de ir e vir, é algo básico para o desenvolvimento de qualquer pessoa nessa sociedade. E é por isso que lutamos pelo passe livre, ou a tarifa zero, para toda a população! E que seja pago através de um Fundo dos Transportes, pago por impostos a serem cobrados da parcela mais rica dessa sociedade, aquelas pessoas que nos exploram todos os dias! Bancos, Shopping Centers, proprietários de casas enormes e carros chiques. 

 

Mas sozinhos e sozinhas não conseguiremos nada. Nós não temos poder político, não nos vendemos por voto. A única forma que o povo pode conseguir algo é com sua própria organização e luta nas ruas. Venha nos ajudar! 

 

Chega de aumentos todos os anos! 

 

O transporte deve ser gerido pelo poder público e pelo povo e não por empresas que só querem saber de ganhar cada vez mais! Passe livre para toda a população!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑